Esquecemos, em algum momento de nossas vidas, da importância do brincar. Com isso, a rotina foi ficando maçante, nossa criança interior ficou presa, ressentida, sem ousar mais se manifestar no dia a dia. Precisamos resgatá-la, pois é ela quem vai nos ensinar de novo a perceber a magia de cada momento.

Sugestão: Experimente, por alguns instantes, rememorar alguma atividade preferida da sua infância. Permita-se brincar se sentindo totalmente presente neste ato, como naquela época em que essa criança estava entregue ao momento, sem pressa, sem preocupação, com inteira confiança na vida.

Este é um dos recursos usados no curso de Dramaterapia, uma nova terapia que nasceu no âmbito da Antroposofia, filosofia criada pelo austríaco Rudolf Steiner, que oferece a cura para diversas doenças por meio de técnicas teatrais, jogos, contos de fadas e vivências biográficas.

Ela foi criada pela terapeuta holandesa Jessica Westerkamp e obteve, inicialmente, um enorme sucesso no tratamento de adictos. Posteriormente, se estendeu ao cuidado de outros casos clínicos.
A técnica proporciona o reencontro com o lúdico e, a partir deste momento, consegue-se obter a cura para diversos transtornos.

A Dramaterapia ensina como é importante resgatar essa criança interior que foi rejeitada e como é terapêutico perceber a conexão que há quando damos espaço para que ela possa novamente atuar em nossa vida. Através de diversos exercícios propostos, vai-se reintegrando a esfera do sentir, equilibrando, desta forma, o racional e o emocional.

Deve-se atentar, diariamente, ao que o seu íntimo pede para dar vida; a esse aspecto tão importante do ser. Um exemplo: Pare e leia um conto de fadas para sua criança interior. Deixe que essa criança te conduza em alguns momentos, assim você vai estimulando o seu impulso criativo. É com essa reconexão que você encontrará novamente a alegria e o prazer nas tarefas cotidianas.

Um exercício proposto na formação de Dramaterapia é observar crianças de dois anos. Prestar atenção como se relacionam com os colegas, com os objetos: Tudo para elas é novidade, a vida é uma fonte de incessantes descobertas. Curiosa, pesquisa com atenção o seu entorno, experimentando sem medo. É esse dinamismo que precisamos permitir que desabroche novamente no nosso cotidiano. Essa criança está totalmente conectada consigo mesma. Esse é um caminho de cura para uma vida mais saudável!

Constantemente presos ao passado e ao futuro, com pensamentos que causam estresse e infelicidade, esquecemos da essência lúdica que mora em cada um de nós. A ciência da Yoga nos traz também recursos valiosos para nos auxiliar a promover a paz interior e resgatar a alegria perdida. Tente fazer esse exercício simples: Feche os olhos, procure uma postura confortável e simplesmente sinta o ar entrando e saindo. Fique por uns minutos prestando atenção nesse movimento da entrada e da saída do ar, como se você fosse o observador de sua própria respiração. Procure esvaziar totalmente sua mente, prestando atenção apenas na entrada e na saída do ar. Esse exercício tão simples é uma fórmula poderosa para nos conectar ao momento presente e começar a perceber a magia da vida que pulsa à nossa volta.

Nesse novo padrão de comportamento, começamos a dar valor ao que realmente importa: um sorriso, uma flor no jardim. A nova sintonia sugere calma e serenidade. É permitido usufruir de cada minuto e suas tarefas passam a ser o que realmente elas são: um exercício de autoconhecimento. Sempre que começar a se distrair e ficar preocupado, volte a atenção à sua respiração e deixe um novo sentimento te preencher: o de paz e gratidão pelo presente da existência e cada dia será uma grande celebração.

* Ligia Miragaia é membro do Conselho Editorial do Programa Omnisciência de Educação para Paz, co-autora dos livros infantojuvenis O Caminho da Flor, Gandhi, o Herói da Paz e Francisco, o Herói da Simplicidade. Ex-Mãe Waldorf, professora de arte e meditação para crianças, atua também como ilustradora e fez formação em Dramaterapia pela Sagres – Centro Antroposófico de Educação, Florianópolis, SC.