Por Paramahansa Yogananda, extraído do livro A Segunda Vinda de Cristo, vol. 2

“É evidente que, de acordo com o costume e a disponibilidade de alimentos da época, Jesus não defendeu uma dieta vegetariana estrita. O cultivo de frutas, cereais e hortaliças era relativamente escasso nas regiões desérticas onde ele
pregava. Sua missão na Terra não exigia que ele
fosse um nutricionista, mas consistia em impregnar nas pessoas a consciência de Deus.

É verdade que aqueles que estão ainda no estágio de desenvolvimento da disciplina espiritual deveriam preferir uma dieta vegetariana. Todavia, as restrições dietéticas têm pouco significado para os grandes mestres que atingiram a consciência divina, que veem o mundo inteiro como a manifestação das ideias de Deus. Para eles, todas as diversas experiências físicas não passam de diferentes atos da consciência sob a influência do sonho cósmico. Para o homem de realização divina, a própria ideia de conferir realidade a qualquer tipo de dieta é uma ilusão. Aquele que despertou da ilusão onírica do cosmos percebe que ele próprio é Espírito, seu corpo mortal e suas experiências físicas existindo somente como ideias amorfas da consciência.

Dieta vegetariana

Ainda assim, as várias formas de dieta e seus diversos efeitos sobre o corpo não deveriam ser arrogantemente negados. É uma grande incoerência teorizar sobre a natureza ilusória do corpo, enquanto ao mesmo tempo se encoraja a ilusão gratificando a fome e realizando outras atividades que reforçam a consciência corporal. Quando se alcança o estado de êxtase espiritual e o contato com Deus, não há nada que afete o conhecimento de que o universo, com todas suas experiências, é um sonho de Deus, que está sonhando através de cada ser. Até que o aspirante espiritual alcance esse estado de libertação de todas as compulsões ilusórias, é preciso que leve uma vida de disciplina espiritual, observando uma dieta vegetariana mais saudável – assim como outras práticas que ajudem a conservar a saúde – a fim de manter o corpo em condições apropriadas para a meditação e para o serviço espiritual a Deus. As pessoas que alegam possuir o estado de santidade e, amparadas nessas falsas credenciais, desdenham as regras básicas de uma vida física e espiritual saudáveis atraem a inevitável oposição da lei cármica.

Jesus tinha dito anteriormente que ele – o esposo, o mestre divino – e seus discípulos, não necessitavam jejuar para se purificarem espiritualmente da consciência do corpo, uma vez que já se encontravam impregnados da consciência transcendente. Não obstante, Jesus acrescentou que, quando já não contassem com sua presença física, os discípulos teriam de aderir a uma vida de disciplina mais estrita a fim de preservar a sintonia com as vibrações espirituais dele.

Dieta Vegetariana

Os grandes mestres adotam um estilo de vida e alguns dos costumes do lugar e da época em que encarnam; isso não significa que cada detalhe de seu modo de vida esteja santificado para sempre e que todas as gerações futuras devam seguir tal exemplo! Algumas pessoas pensam: ‘Jesus comia carne e bebia vinho; portanto, devo fazer o mesmo’. Todavia eu lhes digo: Tornem-se primeiro como Jesus; então, tudo o que vocês ingerirem nesse estado de consciência será puro Espírito e, como tal, não terá efeitos prejudiciais. Para as pessoas não iluminadas e presas à consciência do corpo, uma dieta baseada em produtos animais contribui significativamente para o desenvolvimento de muitas enfermidades, incluindo as doenças cardíacas e o câncer, e é prejudicial para a saúde física, psicológica e espiritual. Se as pessoas seguissem uma alimentação vegetariana apropriada, desapareceriam muitas das doenças fatais que prevalecem na civilização moderna.

Qualquer que seja sua dieta, a pessoa deve orar e afirmar: ‘Pai Celestial, ensina-me a compreender que eu vivo graças a Tua consciência; que, sem nascimento nem morte, sou uma onda de Teu infinito oceano de vida, de Tua energia imortal e de Tua consciência imutável’.”

Trecho do livro A Segunda Vinda de Cristo, Vol. 2, de Paramahansa Yogananda, editado pela Self-Realization Fellowship

http://www.omnisciencia.com.br/segunda-vinda-de-cristo-2/p