Um conto e um ásana (postura de yoga) para afastar o medo, a insegurança, e ajudar as crianças a se conectarem com a força de um herói da verdade, aquele que vence a si mesmo todos os dias.

Uma história inspiradora

*Trecho extraído do livro Gandhi, o Herói da Paz

Gandhi nos trouxe um grande ensinamento: encontrando a paz dentro de nós mesmos, podemos refleti-la para todos à nossa volta.

Uma pessoa com muitos defeitos, para Gandhi, não era ruim, estava apenas esquecida de sua própria grandeza. No entanto, nem sempre ele foi assim: Gandhi foi descobrindo tudo isso, pouco a pouco.

Quando criança, ele tinha muitos medos: de pessoas, de fantasmas, de cobras, do escuro… Esses medos tiravam sua alegria de viver e dificultavam sua coragem para aprender coisas novas.

Um dia, quando Gandhi era criança e estava sentindo muito medo, a ajudante da casa de seus pais o ensinou a praticar o Ramanama.

A técnica consistia em repetir mentalmente o nome de Rama – um grande mestre espiritual da Índia – por um longo período, com bastante concentração, para vencer esse medo.

A ajudante da casa ensinou a Gandhi que, quando pronunciamos alguns dos nomes do Criador do Universo, podemos sentir Sua presença dentro de nós mesmos e nos fortalecemos. Explicou a ele que, repetindo um nome sagrado, perceberia a sua própria divindade. Gandhi praticou isso com muito afinco e se curou de todos os medos que habitavam o seu coração.

Ele nunca mais deixou de praticar o Ramanama. Cresceu, tornou-se famoso, atraiu milhões de seguidores, e sempre dizia que sua força provinha de sua sintonia com o Divino.

Quando mais velho, muitas pessoas procuravam Gandhi para obter orientação sobre suas vidas ou problemas de saúde, ou simplesmente para que as ajudasse a compreender melhor suas dificuldades.

Gandhi as aconselhava a ter uma prática espiritual e a repetir o nome de Rama, como ele próprio fazia desde pequeno.

Gandhi curou-se de muitas doenças com o Ramanama e ensinou isso a muitas pessoas necessitadas, que também se curaram, utilizando esses princípios da sabedoria hindu.

O mais importante nessa técnica, explicava Gandhi, era repetir um nome sagrado com o coração e não como um robô, pois nisso reside o segredo da força que emana dessa repetição.

Forte e corajos@ como um leão

*Extraído do livro Yoga com Música

Sente-se com as pernas cruzadas para imitar o leão. Coloque as mãos sobre as coxas, suavemente fechadas. Respire profundamente e, ao mesmo tempo, tensione todo o corpo. Solte o ar, emitindo com a respiração o som “há”. Ao mesmo tempo, estique os dedos das mãos como se fossem as garras do leão e direcione seu olhar para cima, abrindo bem os olhos. Coloque toda a sua língua para fora e para baixo. Sinta-se como se fosse um leão atacando. Agora, bem devagar, feche os olhos e as mãos, leve a língua de volta para dentro da boca e relaxe. Imite o leão de três a cinco vezes. O leão também nos deixa com mais paciência e calma.

Inspirações dos livros:

Gandhi, o Herói da Paz

Como um homem magro e miúdo, sem usar nenhuma arma, consegue libertar um país dominado por quase dois séculos? Como um homem pode ficar 21 dias sem beber ou comer e com isso transformar a vida de milhares de pessoas? Como um homem pode ter a coragem de se despojar de todos os seus pertences e, vestindo apenas um pedaço de tecido branco em volta do quadril, se transformar no maior ícone da paz mundial? Essa é a história de Gandhi.

 

Yoga com Música

Yoga com Música acompanha um CD com canções relacionadas às posturas da yoga ilustradas no livro. O pacote é estimulante a todos. Tanto crianças quanto adultos podem usufruir deste rico material e fazê-lo de guia para a prática conjunta, partilhando um momento de realização espiritual e alegria.
Com o auxílio de Duda, uma jovem yoguine, questões da vida cotidiana – e que fazem parte do universo infantil – são aclaradas e podem servir de inspiração aos pequenos, despertando o interesse para a prática da yoga.