O primeiro dia de escola ninguém esquece, tantas novidades, descobertas, ansiedades e inseguranças…

A decisão de colocar o filho na escola deve ser tomada de forma ponderada. Se a mãe ou o pai não tem segurança de que chegou o momento certo para o seu filho frequentar a escola, se a necessidade de trabalhar é maior que o desejo de colocar o filho na escola ou se os pais não se sentem seguros com a sua escolha, as chances de o processo de adaptação ser difícil aumentam.

Para que os pais se sintam seguros com as suas decisões em relação à escola é necessário dedicar tempo à esta escolha. Visitem várias escolas e perguntem como é feita a adaptação das crianças, como é a rotina da escola e como são feitos os cuidados diários. Observem o ambiente e façam todas as perguntas que desejarem. Antes mesmo dos filhos, os pais devem se sentir acolhidos e tranquilos em relação à escola escolhida. Educação infantil deve ser uma parceria de confiança entre pais e escola construída através do diálogo.

A decisão de ir à escola deve ser tomada pelos pais, não pergunte ao seu filho se ele quer ir à escola. A grande maioria das crianças preferem ficar em casa onde o ambiente é acolhedor e a criança é tratada com prioridade. Lembre-se a escolha é sua e não da criança.

Quando a criança chega na escola começa o período de adaptação, neste período é muito comum a criança apresentar:

Primeiro dia de aula maeDesejo de ficar com a mãe

O novo pode intimidar ou assustar. É natural a criança querer ficar com quem já conhece, ou seja, mãe, avó, pai, baba ou cuidadora. O vínculo com o professor ainda precisa ser formado. É importante que os pais e os professores sejam parceiros e não concorram.

Medo de ficar para sempre na escola

Este é um medo muito frequente nas crianças. Por mais acolhedora que seja a professora e por mais que os pais estejam tranquilos com relação à escola escolhida para o seu filho, sempre assegurem a criança de que irão buscá-la no final do período, o que trará mais segurança e tranquilidade.

Falar sempre a verdade para a criança

Não prometa o que você não poderá cumprir. Não perca a confiança do seu filho. É fundamental dizer sempre a verdade.

Sempre se despeça do seu filho, não fuja na hora da despedida, mesmo que a criança chore. E não prolongue a despedida, isto é muito importante, porque prolongar este momento só aumenta a dor da separação.

Desejo de permanecer com o objeto transicional

Primeiro dia de aula objeto transacional

Muitas escolas permitem que a criança leve um brinquedo ou objeto de casa nos primeiros dias de aula, o que pode ajudar na adaptação da criança. Normalmente as crianças se sentem mais seguras quando podem levar um “pedaço de casa” para a escola.

Concluindo, a criança irá se adaptar bem à escola quando os pais estiverem tranquilos com a escolha da escola para os seus filhos, sentindo que de fato este é o momento certo para a sua família e para o seu filho começar a frequentar o ambiente escolar. Qualquer dificuldade inicial de adaptação na mudança do ambiente familiar para o ambiente escolar deverá ser trabalhada e superada em parceria com a escola, através do diálogo e colaboração mútua.


Artigos relacionados

Abordagem Pikler – Lançamento no Brasil

Educar criança de 0 a 3 anos exige sensibilidade e delicadeza

 

Últimos posts por Patricia Couto Gimael (exibir todos)