Por que Yoga nas escolas? Porque a Yoga é uma ciência milenar de eficácia comprovada, cientificamente, no melhoramento físico e mental de seus praticantes. Por meio de práticas que envolvem posturas, respiração, contemplação e silêncio, a Yoga atua diretamente na pacificação interna, pois é um exercício de integração de todas as dimensões do ser humano, o que traz um despertar da consciência da riqueza interior, que leva a uma sensação de bem-estar, contentamento e alegria.

yoga-para-criancas

Yoga quer dizer união. Yoga não é religião: é uma ciência que carrega em si uma cultura de paz para todos os povos. Poderia ter surgido na África, Oceania ou América, mas surgiu na Índia, onde haviam sábios que viviam em profunda conexão com a Natureza e puderam realizar essa autodescoberta de harmonização interior.

A Yoga pode ser adaptada à realidade de qualquer cultura ou religião. O que realmente é importante e significativo são os benefícios que ela traz para a construção de uma vida equilibrada em uma era tão conturbada pelo excesso de informação, confusão mental e violência verbal e física entre as pessoas.

A educação atual das crianças nas escolas ensina as noções básicas de higiene diária do corpo para a manutenção da saúde. Por que não deveríamos nos preocupar também em ensinar às crianças e aos jovens uma técnica que os permite limpar suas toxinas mentais diariamente?

Não são apenas os adultos que vivem carregados de pensamentos agitados, raiva, estresse e tristeza. As crianças e jovens estão expostas o tempo todo ao universo de informação dos adultos, mergulhadas em celulares, internet, games, influenciadas pelo modelo consumista de nossa sociedade.

Tudo isso traz um grande aceleramento mental, o que leva a uma agitação que os impede, muitas vezes, de se concentrar e de ter um relacionamento amoroso com os educadores e amigos. O nível de estresse que vivem as crianças e jovens na sociedade atual impede que eles exerçam o controle sobre suas emoções, o que pode ser sentido em vivências escolares e familiares muito desafiadoras.

Nesse sentido, a Yoga vem se expandindo no Ocidente como um recurso valioso para trazer equilíbrio nas escolas em suas diversas necessidades: para o educador, nas suas relações com os pais, alunos, seus colegas educadores, bem como para o aluno, para que possa equilibrar suas emoções e se relacionar melhor com todos ao seu redor e ser muito mais feliz. A Yoga desperta as habilidades socioemocionais adormecidas em cada um de nós.

Qual é o recurso que a sociedade “moderna” tem oferecido para tentar controlar artificialmente a agitação das crianças nas escolas? Medicalização de crianças e jovens. O uso de medicamentos para “acalmar” as crianças está sendo utilizado de forma indiscriminada, sem cuidado, em escolas públicas e particulares, ao invés do ensino de técnicas de harmonização como a ciência da Yoga propõe.

É possível compreender a dificuldade do educador nesse cenário conturbado  do mundo atual, que se reflete diretamente nos integrantes mais frágeis de nossa sociedade: as crianças e jovens. Mas, por isso mesmo, é necessário encarar a realidade de frente e trazer para os educadores e alunos, recursos de harmonização e fortalecimento interior, para que possam brotar suas habilidades socioemocionais e adquirir controle sobre seus corpos e mentes sem a necessidade de medicamentos, que trazem um quadro de dependência química e danosos efeitos colaterais.

A Yoga pode ser praticada por todos: os que acreditam em um Ser Superior governando o Universo e para os que não acreditam. O resultado será o mesmo, pois essa integração interior é a própria realização da divindade que habita em cada um.

Paramahansa Yogananda, grande mestre da ciência da meditação, fundador das escolas How-To-Live, na Índia, dizia:

“Autoridades pedagógicas consideram impossível ensinar princípios espirituais em escolas públicas, porque os confundem com os diversos dogmas de religiões conflitantes. Se, porém, se concentrassem nos princípios universais da paz, do amor, do serviço, da tolerância e da fé, que governam a vida espiritual, e se planejassem métodos práticos para fazer crescer essas sementes no solo fértil da mente infantil, então a dificuldade imaginária desapareceria.”

Namastê!

Dica de livro: Se você é educador e quer ajudar a inserir a Yoga em alguma escola, conheça o Yoga com Música, este livro acompanha um CD com canções relacionadas às posturas da yoga ilustradas no livro. Tanto crianças quanto adultos podem usufruir deste material e fazê-lo de guia para a prática conjunta, partilhando um momento de harmonia e alegria.


Via: http://www.culturadapaz.com.br/yoga-nas-escolas/